ENSINO SUPERIOR EM TEMPOS DE PANDEMIA: personalização, envolvimento, autonomia e novas estratégias de aprendizagem

Autores

  • Daniela Melaré Vieira Barros Universidade Aberta de Portugal
  • Elisangela Aparecida Bulla Ikeshoji Universidade Aberta de Portugal
  • Vanessa Matos dos Santos Universidade Federal de Uberlândia - UFU
  • Diene Eire Mello Universidade Estadual de Londrina - UEL
  • Marcos Andrei Ota Universidade de Cidade de São Paulo - UNICID
  • Eniel do Espírito Santo Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - UFRB
  • Alexanda Okada The Open University, United Kingdom

DOI:

https://doi.org/10.18817/ticseademfoco.v8i2.626

Palavras-chave:

Ensino Superior. Personalização do ensino. Recursos pedagógicos. Engajamento. Autonomia.

Resumo

Uma modalidade massiva, distante, a distância massiva, transmissiva e não atrativa para os estudantes, ocasiona alguns fatores como falta de autonomia, desinteresse e como consequência, o não engajamento dos estudantes. A perspectiva inovadora deste estudo centra-se em examinar quais as recomendações para a personalização de estratégias didáticas através de recursos pedagógicos, visando promover uma educação on-line envolvente e engajadora para dinâmicas sustentáveis e frutíferas como formas de coaprender (IYENGAR, 2020). Diversificadas estratégias utilizando tecnologias digitais no ensino superior on-line, ampliam o desenvolvimento da autonomia para uma aprendizagem individual, coletiva e emancipadora (OKADA; SHEEHY, 2020). Literaturas mais recentes, algumas inclusive desenvolvidas durante a pandemia por COVID-19, indicam que novas abordagens de aprendizagem estão sendo fundamentadas em perspectivas diversificadas, de acordo com necessidades e preferências para o processo de adequação às condições e perfis dos estudantes (AGUADED; JARAMILLO-DENT; PONCE, 2021; FULLAN, 2020; OCDE, 2020). Quais tipos de recursos pedagógicos podem ser adotados para oportunizar uma aprendizagem divertida, destacada como “significativa - envolvente” no ensino superior on-line, considerando-se o cenário a partir do contexto da pandemia? Este estudo qualitativo exploratório analisou dados gerados de um questionário aberto on-line implementado pela rede UAb-PT voltado para estudantes durante o período de três meses no ensino superior dos países de língua portuguesa (Angola, Brasil e Portugal). Para a sistematização dos dados coletados, adotou-se a técnica do Discurso do Sujeito Coletivo (DSC) que propicia o agrupamento de depoimentos e sua respectiva síntese (LEFÈVRE; LEFÈVRE, 2005). Ao total, foram analisados dados de 570 estudantes respondentes do formulário on-line. A aprendizagem on-line divertida deve contemplar uso de tecnologias colaborativas, individuais, em rede para a coaprendizagem com atividades e exercícios diferenciados de acordo com as necessidades e preferências de uso da virtualidade. Esse tipo de abordagem personaliza a aprendizagem conforme o perfil do estudante, permite reflexões e abordagens pedagógicas mais envolventes e divertidas a partir do ponto de vista aliciante aos estudantes no ensino superior.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

30-08-2022

Como Citar

BARROS, D. M. V.; IKESHOJI, E. A. B.; SANTOS, V. M. dos; MELLO, D. E.; OTA, M. A.; SANTO, E. do E.; OKADA, A. ENSINO SUPERIOR EM TEMPOS DE PANDEMIA: personalização, envolvimento, autonomia e novas estratégias de aprendizagem. TICs & EaD em Foco, São Luís, v. 8, n. 2, p. 24–44, 2022. DOI: 10.18817/ticseademfoco.v8i2.626. Disponível em: https://ticsead.uemanet.uema.br/index.php/ticseadfoco/article/view/626. Acesso em: 25 set. 2022.